Taccone - Vamos Cuidar da Sua Marca

Menu

5 empresas que revolucionaram a produção de imagens

5 empresas que revolucionaram a produção de imagens

A imagem é um dos meios de expressão mais importantes para a humanidade. A ciência diz que, em média, o cérebro humano consegue processar imagens 60 mil vezes mais rápido que a linguagem escrita, o que nos diz muito sobre o porquê dela estar no centro de tantas sociedades e culturas diferentes.

Na história recente, pudemos testemunhar muitas empresas que têm na imagem a matéria para a produção dos seus produtos. Muitas, inclusive, moldaram a forma como enxergamos o mundo. Aqui você confere 5 dessas gigantes:

1 – Kodak
A fotografia não seria a mesma sem essa empresa icônica. A Kodak colocou seu nome na história ao transformar monstruosas câmeras em equipamentos cada vez menores e fáceis de operar, transformando uma tecnologia limitada em um objeto cotidiano.

O início de suas atividades foi em 1878 e, desde então, a empresa seguiu lançando uma novidade atrás da outra, chegando a abocanhar 85% das vendas de câmeras nos EUA e 50% das vendas mundiais no ano de 1976. Infelizmente, a empresa que inventou a câmera compacta não se preparou para a era digital, pelo contrário, agiu contra as novidades que se impunham por medo de abrir mão de seu mercado analógico e por pouco não decretou falência. Atualmente, ela sobrevive no Reino Unido, mas com orçamento reduzido.

2 – Disney
Fundada por Walt Disney e Roy Oliver Disney em 16 de outubro de 1923, a empresa é o maior conglomerado de mídia e entretenimento do planeta. Um feito conquistado em 95 anos de muito planejamento e paixão.

Com o passar das décadas, a empresa representada por Mickey Mouse adquiriu outras marcas, mas a sua maior herança ainda é a animação em 2D. Os filmes e séries clássicos da Disney foram fundamentais para a consolidação dessa arte durante a sua era de ouro e também serviram de base para um novo estilo de dar vida aos desenhos.

3 – Lucasfilm
A Lucasfilm foi fruto de sua empreitada original: o primeiro filme de Guerra nas Estrelas. Fundada por George Lucas em 1971, a produtora foi a resposta para o estúdio que não acreditou no sucesso de um filme ambientado no espaço e que cedeu ao diretor todos os direitos sobre o título. Ou seja, dando à Lucas todos os lucros do que hoje sabemos ser um dos filmes mais amados pelo público.

Da Lucasfilm nasceu a Industrial Light & Magic, empresa de efeitos visuais e CGI, sigla em inglês para Imagens Produzidas no Computador, responsável pela produção de pelo menos 317 filmes até hoje. A ILM é conhecida por desenvolver novas tecnologias sempre que necessário para a execução de uma obra cinematográfica e criou personagens que marcaram gerações, como os dinossauros animados por robótica de Jurassic Park e os robôs Transformers, completamente construídos em computação gráfica.

4 – Nintendo
Se houve uma época memorável para ser criança, foram os anos 90. Nessa década, o mercado de games teve o seu início repleto de competições acirradas e as empresas lançavam inovações a um ritmo surpreendente.

Logo após o declínio da Atari, a empresa que assumiu a liderança do mercado foi a Nintendo. Uma das novidades levadas ao público pela empresa revolucionou para sempre o mundo dos games: os gráficos em 3D.

Lançado com os processadores mais poderosos da época, o Nintendo 64 ainda contava com o protagonismo de um simpático encanador em sua primeira versão tridimensional. O Super Mario 64 foi o game mais vendido do console, ganhando inúmeros prêmios e estabelecendo os parâmetros para o futuro dos jogos em 3D, como o controle mais intuitivo de câmeras e a introdução do que seriam os mundos abertos no futuro dos games.

5 – Pixar
A animação nunca mais seria a mesma depois da Pixar Animation Studios. Fundada por Edwin Catmull e Alvy Ray Smith em 1986, o estúdio de animação começou como uma divisão da Lucasfilm e desde então tem sido um força a ser reconhecida no mundo dos filmes.

O primeiro trabalho da companhia, As Aventuras de André e Wally B., deixou o mundo boquiaberto e não foi por menos. O curta era a primeira animação computadorizada da história. Esse grande passo acabou custando muito caro para George Lucas e a Pixar quase fechou suas portas em 1985.

No entanto, ela recebeu investimentos milionários de Steve Jobs em um acordo para que ele assumisse parte da empresa e o empresário, indo mais longe, começou a transformá-la.

Com a aproximação de Steve Jobs, o estúdio voltou suas atenções para a criação e o desenvolvimento de softwares de computação gráfica. Esse passo ousado foi responsável não apenas pela evolução da empresa, mas pela criação de uma nova forma de fazer audiovisual: as animações 3D.

A Pixar, assim como cada uma dessas empresas, foi fundamental na formação do que entendemos hoje como imagem. Elas se consolidaram e, muitas, ainda continuam a liderar o mercado com suas inovações!

Agora que você entende um pouco mais como funciona a inovação no mundo da imagem, que tal continuar lendo sobre este e outros temas? Aqui na TACCONE nós temos os artigos mais variados! E, para não perder nenhuma atualização, não esqueça de curtir nossa página no Facebook e nos seguir no Instagram.



error: